Criar Redação Unidades      Instagram     Facebook     YouTube     Telefones     Contato       
Criar promove debate sobre as provas de Vestibular
Mesa Redonda reúne mais de 700 estudantes
terça-feira, 10 de junho de 2008

Olhares curiosos e um ponto de interrogação com rugas na testa. Essa era a expressão da maioria dos mais de 700 estudantes que participaram da mesa redonda gratuita sobre a Prova de Língua Portuguesa nos Vestibulares, promovida pelo Criar, dentro da programação do III Festival da Língua Portuguesa. O evento aconteceu na terça-feira, 10/06, no Cine Clube Caium, em Ribeirão Preto. O debate durou mais de três horas e manteve o público em silêncio para escutar o que vem por aí nas provas da USP, Unesp, Unicamp e UfsCar.

A discussão contou com a participação dos professores Valdemir Miotello (USFCAR); Meiréllen Salviano, coordenadora da prova de redação da Unicamp; Marcos Lúcio Góis (USP) e Fernando Brandão dos Santos (UNESP), além do professor Luiz Claudio Jubilato, mantenedor do Criar, como mediador.

Os professores apresentaram em linhas gerais como é o conteúdo das provas de língua portuguesa nas suas universidades e todos deram ênfase à produção da prova de redação. Outro assunto abordado no final da mesa redonda foi a reforma ortográfica. Os vestibulandos demonstraram a preocupação com a nova grafia de algumas palavras e o quanto isso poderia prejudicá-los nos vestibulares.

O medo foi minimizado por todos os palestrantes. Eles deixaram bem claro que as bancas examinadoras das provas em todas essas universidades, não estão apegadas a erros de ortografia e sim ao conteúdo proposto – essa fala foi unânime. Nenhuma das universidades cobrará as novas regras da reforma ortográfica no ano de 2009. As mudanças só serão aplicadas em 2010.

A mesa redonda esclareceu muitas dúvidas dos estudantes, que só arredaram os pés do Cine Clube Caium, quando o debate foi encerrado. Com público recorde, o debate era a atividade de destaque do III Festival Criar da Língua Portuguesa.

Veja algumas das dicas dos palestrantes:

“Eles (a banca examinadora) esperam que você saiba entender um certo comando e consiga relacionar o que está sendo dito na prova…Em suma, você tem que saber o que o texto está dizendo, para isso, precisa saber ler, se posicionar e saber, acima de tudo, pensar”.
Prof. Fernando Brandão dos Santos / Unesp

“É estranho pensar que temos receio de colocar a língua em prática. É preciso antes de enfrentar essa prova perder o medo de escrever, pois o vestibular não espera encontrar nenhum Machado de Assis, nem nenhuma Clarice Lispector. Não é um concurso literário”. Prof. Marcos Lúcio Góis/ USP

“A gente gosta de textos bons, sejam eles quais forem. É necessário que o candidato perceba que a coletânea é para ajudá-lo na construção do texto. A coletânea permite diferentes entradas para a escrita. Usem-na, selecionem os trechos, conforme seu projeto de texto”. Profa. Meiréllen Salviano/Unicamp

“Antes de escrevermos temos que acreditar em nós mesmos. É preciso auto-estima. Isso não é arrogante, nem soberbo. É altivo. Isso é importante, porque que a língua é isso: quando falo, falo para o outro. Eu não falo para mim – não sou doido. Preciso ter o que dizer. O texto não é o lugar onde vamos juntando os tempos verbais. O texto é o lugar onde você fala, se expõe, mostra sua ideologia, deixa claro seu ponto de vista. Portanto, não fale sozinho, fale com o outro, que no caso é o examinador”. Prof. Valdemir Miotello/ UfsCar

  SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR!
ENVIE SEU COMENTÁRIO

PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO

PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO


COMPARTILHAR
  • Facebook
  • Twitter
  • Tumblr
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • RSS
Eventos
Busca
Arquivo
dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Criar Redação | www.cursocriar.com
1991-2017 © Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Netmarco.com