Criar Redação Unidades      Instagram     Facebook     YouTube     Telefones     Contato       
UERN: 60% das vagas do vestibular serão preenchidas pelo Enem
sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Estudantes que pretendem ingressar na Uern (Universidade do Estado do Rio Grande do Norte) terão duas opções de concorrer às vagas este ano. A universidade informou, nesta quarta-feira (28), que 40% dos novos estudantes serão selecionados por meio do PSVI (Processo Seletivo Vocacionado Integrado) e 60% pelo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

A Uern também informou que adotará o Enem como única forma de seleção a partir de 2016.

"A Uern teve o cuidado de assegurar as cotas sociais para alunos de escola pública e para as pessoas com deficiência. Em breve, o Consepe se reunirá para definição do edital do PSVI", informou a universidade.

A adoção do sistema misto foi criticada por integrantes do conselho. "Abstive-me de votar pelo sistema misto porque entendo que os alunos já estão acostumados com o Enem e também porque, com essa nova forma, a Uern vai perder recursos", alegou o estudante do 7º ano de comunicação, Francisco das Chagas de Medeiros, destacando que o "sistema integral daria mais suporte à política estudantil da instituição."

O processo seletivo misto foi aprovado pelo Consepe (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão) por 15 votos, sendo apenas duas abstenções e nenhum voto contra, em reunião extraordinária nesta quarta-feira (28) com a presença do MP (Ministério Público Estadual).

Em julho a UERN informou que o ingresso à universidade seria feita apenas por meio do Enem. Logo após, o MP recomendou que fosse mantido o vestibular como forma de ingresso em pelo menos 40% das vagas.

Segundo o promotor de Justiça Olegário Gurgel, um dos autores da recomendação, o anúncio da integralidade do Enem na Uern iria prejudicar os estudantes que não haviam se inscrito nas provas no período estipulado pelo MEC (Ministério da Educação). As inscrições para o Enem se encerraram no dia 23 de maio.

"De forma alguma o Ministério Público quer interferir na autonomia da Uern, mas o tempo que a universidade fez o anúncio iria prejudicar estudantes que estavam acostumados com o vestibular da Uern e não tinham se inscrito no Enem", afirmou.

O reitor da UERN, Pedro Fernandes, destacou que o sistema misto não feriu à autonomia da universidade e que "o colegiado consolidou a postura de diálogo com todas as instâncias."

Fonte: UOL

COMPARTILHAR
  • Facebook
  • Twitter
  • Tumblr
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • RSS
Temas
Busca
Arquivo
novembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Assuntos Mais Postados
Criar Redação | www.cursocriar.com
1991-2017 © Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Netmarco.com